Produtos educacionais na formação do mestre em educação profissional e tecnológica

  • Roberta Pasqualli Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC
  • Josimar de Aparecido Vieira IFRGS
  • Ana Sara Castaman IFRGS
Palavras-chave: Formação tecnológica. Ensino. Educação profissional.

Resumo

Discute a problemática da elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT). Questiona-se, entre outros, se a produção do produto educacional como TCC não perde de vista a qualidade exigida em um curso Stricto Sensu. De cunho bibliográfico e reflexivo está dividido em três etapas: (1) mapeamento da trajetória dos Mestrados Profissionais, destacando as prerrogativas que legitimam sua implantação e caracterizam seu objetivo e produto final; (2) a proposta do PROFEPT, ofertado pela Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica e, (3) a articulação entre a pesquisa e o ensino para a elaboração do produto educacional do PROFEPT. Como considerações finais, encaminha-se a necessidade de ampliação das pesquisas acerca dos desafios, entraves, contribuições e possibilidades da elaboração de produtos educacionais como TCC do PROFEPT, uma vez que os produtos educacionais não podem ser vistos como algo estanque, mas como algo em movimento, dinâmico e representativo da realidade de cada espaço educacional investigado.

Biografia do Autor

Roberta Pasqualli, Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC
Doutora em Educação - UFRGS
Josimar de Aparecido Vieira, IFRGS
Doutor em Educação - PUC RS
Ana Sara Castaman, IFRGS
Doutora em Educação - Unisinos

Referências

ANDRÉ, M. E. D. A. Ensinar a pesquisar: como e para quê? In: VEIGA, I. P. A. (Org.). Lições de Didática. Campinas: Papirus, 2012. p. 123-134.

ANDRÉ, M. E. D. A. Mestrado profissional e mestrado acadêmico: aproximações e diferenças. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 17, n. 53, p. 823-841, 2017.

BARATA, R. B. Avanços e Desafios do Mestrado Profissional. In: LEAL, M. C.; FREITAS, C. M. (Orgs.). Cenários possíveis: experiências e desafios do mestrado profissional na saúde coletiva [online]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2006. 284 p. ISBN 85- 7541-083-0.

BEILLEROT, J. A Pesquisa: esboço de uma análise. In: ANDRÉ, M. (Ed.). O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. Campinas: Papirus, 2001.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria no 80, de 16 dezembro de 1998. Dispõe sobre o reconhecimento dos mestrados profissionais e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 11 jan. 1999. Seção I, p. 14. Disponível em: <http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/88/84>. Acesso em: 13 set. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria normativa no 7, de 22 de junho de 2009a. Dispõe sobre o mestrado profissional no âmbito da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento, de Pessoal de Nível Superior-CAPES. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 jun. 2009. Seção I, p. 31.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa no 17, de 28 de dezembro de 2009b. Dispõe sobre o mestrado profissional no âmbito da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior–CAPES. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, n. 248, 29 dez. 2009. Seção I, p. 20. Disponível em: . Acesso em: 28 mar. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução do Conselho Superior no 161, de 16 de setembro de 2016a. Criar o Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica e aprovar seu Regulamento interno. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espirito Santo. Disponível em: <http://profept.ifes.edu.br/images/stories/ProfEPT/Turma2017/Tecnologia do Espírito Santo (IFES) no 161, de/Res_CS_161_2016_-Cria_o_Programa_de_Pós-graduação_em_Educação_Profissional_e_Tecnológ ica_e_aprova_seu_Regulamento_interno.pdf>. Acesso em: 10 dez. 2017.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área - Ensino. 2016b. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/documentos/Documentos_de_area_2017/DOCUMENTO_AREA_ENSINO_24_MAIO.pdf>. Acesso em: 13 set. 2017.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria no 389, de 27 de março de 2017. Dispõe sobre o mestrado e doutorado profissional no âmbito da pós-graduação Stricto Sensu. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: <https://capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/24032017-PORTARIA-No-389-DE-23-DE-MARCO-DE-2017.pdf>. Acesso em: 10 mar. 2018.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, G. G.; GUERRINI, D.; DUTRA, A. O Mestrado Profissional em Ensino e os Produtos Educacionais: A Pesquisa na Formação Docente. Revista Porto das Letras, Porto Nacional/TO, v. 2, n. 01, p. 100-114, 2010.

FIALHO, N. H.; HETKOWSKI, T. M. Mestrados Profissionais em Educação: novas perspectivas. Educar em Revista, Curitiba, n. 63, p. 19-34, jan./mar. 2017.

FOPROF. Fórum Nacional dos Mestrados Profissionais. Disponível em: <http://www.foprof.org.br/>. Acesso em: 13 set. 2017.

FOMPE. Fórum Nacional dos Mestrados Profissionais em Educação. Disponível em: <http://www.fompe.caedufjf.net/?page_id=2>. Acesso em: 13 set. 2017.

GATTI, B. A. A. Pesquisa em Mestrados Profissionais. In: FÓRUM DE MESTRADOS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO - FOMPE, 1., 2014, Salvador. Trabalhos apresentados..., Salvador: UNEB, mar. 2014.

GHEDIN, E.; ALMEIDA, M. I.; LEITE, Y. U. F. Formação de professores: caminhos e descaminhos da prática. Brasília: Liber, 2008.

MOREIRA, M. A. O mestrado (profissional) em ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 1, n. 1, p. 131-142, jul. 2004.

PROFEPT. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica. Disponível em: <http://profept.ifes.edu.br/selecao/001-2017>. Acesso em: 01 dez. 2017.

QUARESMA, A. G.; MACHADO, L. R. S. Questões pedagógicas dos mestrados profissionais: uma aproximação ao tema a partir de produções bibliográficas. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA – SENEPT, 3., 2012, Belo Horizonte. Anais..., Belo Horizonte, 2012.

RIBEIRO, R. J. O Mestrado Profissional na Política Atual da Capes. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 2, n. 4, p.8-15, jul. 2005.

RIBEIRO, R. J. Ainda sobre o mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 2, n. 6, p. 313-315, 2006.

SOUSA, M. C.. Produtos Educacionais de Matemática elaborados por professores da Educação no âmbito do NIPEM. In: Encontro da rede de professores, pesquisadores e licenciandos de Física e de Matemática, 2., 2010, São Carlos. Trabalhos apresentados... São Carlos/DP: UFSCar, nov. 2010. 2010. Disponível em: <http://www.enrede.ufscar.br/participantes_arquivos/ E3_Sousa_TA.pdf.>. Acesso em: 12 set. 2017.

SOUSA, C. P.; PLACCO, V. M. S. Mestrados profissionais na área de educação e ensino. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 25, n. 47, p. 23-35, set./dez. 2016.

Publicado
2018-06-01
Como Citar
Pasqualli, R., Vieira, J., & Castaman, A. (2018). Produtos educacionais na formação do mestre em educação profissional e tecnológica. Revista De Estudos E Pesquisas Sobre Ensino Tecnológico (EDUCITEC), 4(07). https://doi.org/10.31417/educitec.v4i07.302